Guia de boas práticas para contratar freelancers

Todos os dias, trabalhamos para o sucesso de alocações profissionais freelancers. Afinal, nascemos com o intuito de descomplicar as relações de trabalho remoto, conectando empresas e profissionais de TI. Dessa forma, entendemos os processos e sabemos que existem boas práticas para contratar que fazem total diferença no êxito das parcerias. 

Contudo, sabemos, também, que essas atitudes podem não ser tão conhecidas e, consequentemente, não aplicadas. Para evitar prejuízos e ter mais segurança no bom desenvolvimento do projeto, é importante que o contratante esteja envolvido nos processos.

Pensando nisso, nós preparamos um guia de boas práticas de contratação de freelancers. Continue a leitura e conheça!

Neste guia você vai aprender:

Boas práticas de contratação remota

Ao longo dos anos, conectando empresas e profissionais de tecnologia de forma remota, tivemos diversas experiências. Percebemos que cada contratante e profissional são pessoas únicas, de forma que seu entrosamento e os resultados obtidos variam. 

Porém, quando falamos especificamente do contratante, notamos que existem algumas atitudes individuais que, quando colocadas em prática, garantem uma relação melhor e entregas satisfatórias. Conheça-as:

Entenda a sua demanda

Para conseguir tirar seu projeto do papel, é importante entender completamente a sua demanda. Afinal, como você cobrará resultados se não compreender quais os processos que o levam até lá? A nossa dica aqui é: busque compreender a sua demanda, as etapas e as linguagens e tecnologias necessárias para o seu desenvolvimento. 

Para ajudar, nossa gerente de projetos, Priscila Fernandes, separou algumas dicas de como organizar uma demanda de tecnologia. Confira:

“Em primeiro lugar, é importante ter uma ferramenta para gerenciar seu projeto que ajude nas tarefas do dia a dia. Em segundo, é necessário definir seu escopo com: objetivos, descrevendo o que se almeja com a demanda; cenários, mostrando o que o usuário precisa informar e o que poderá fazer; fluxos, expondo onde se deseja chegar. Para isso, é possível utilizar ferramentas gratuitas, como as ferramentas Miro ou Lucidchart. Em terceiro, informe e documente a sua ‘dor’ atual como, por exemplo, não conseguir saber quais são os seus clientes ou que todos seus registros estão em Excel. Em quarto lugar, é importante acompanhar a demanda de perto. Assim, nunca deixe o projeto na mão de um desenvolvedor sozinho, mostre que você é o principal interessado e que está ciente de tudo que está acontecendo. E, por último, minha dica é: comunicação acima de tudo, pergunte sempre que tiver alguma dúvida, exponha suas opiniões”.

Mas, caso você não tenha clareza de suas demandas ou como realizar o escopo do projeto, não há problema. Nós podemos te auxiliar e indicar os profissionais corretos, como Analista de Negócios ou um Analista de Requisitos para te guiar nas fases iniciais. Quer saber mais sobre o escopo do projeto? Clique aqui e veja as etapas para a sua definição.

Busque conhecer o profissional selecionado

Na Vibbra, temos como regra realizar antes mesmo da contratação uma conversa entre a empresa e o profissional, seja este selecionado pela própria pessoa ou indicado por nós. Entendemos que é o momento de alinhar expectativas sobre a demanda, mas também de conhecimento entre as partes. Lembrando que, caso não ocorra um match, o processo de contratação encerra e é possível buscar um novo freelancer.

Na plataforma da Vibbra você encontra informações sobre o nível de experiência, linguagens de programação, tempo de disponibilidade de trabalho e feedbacks de outras demandas. Entretanto, é interessante conversar com o profissional, questioná-lo sobre seu perfil de trabalho, suas experiências prévias com projetos deste tipo, seu domínio da tecnologia e demais informações que achar interessante. 

Com todas essas informações, você poderá entender se os seus perfis de trabalho são correspondentes e estará mais perto de uma parceria de sucesso.

Alinhe expectativas

Como gestor de uma empresa, você já deve ter entendido que seu papel não se resume a cobrar e controlar colaboradores, mas apoiá-los e orientá-los. Quando falamos em liderar trabalhadores remotos, principalmente freelancers, isso também se aplica.

Dessa forma, ao iniciar um projeto é importantíssimo alinhar as expectativas com o profissional de TI remoto. Para isso, converse com o freelancer e entenda os processos e as estimativas de tempo em que cada etapa será realizada. Foque nas entregas e não nos horários em que o profissional atuará.

Mostre-se disponível para sanar dúvidas

Depois da assinatura do contrato, é importante que você, contratante, se mostre disponível para conversas. Então, quando surgirem dúvidas, os profissionais não terão receios de entrar em contato e saná-las. Isso evita vários problemas, como atrasos ou entregas erradas.

Além disso, estar aberto para conversas, motiva o profissional de TI a desenvolver seus projetos e cumprir os prazos estabelecidos.

Acompanhe os processos

Quando falamos em acompanhamento, não estamos falando sobre cobranças incessantes. No trabalho remoto o acompanhamento pode ocorrer por meio do cronograma de entregas, ou seja, a partir do alinhamento de expectativas, você poderá entender as etapas da evolução do projeto. Com isso, saberá quando as demandas devem ser entregues.

Uma boa dica aqui é utilizar metodologias ágeis, onde as entregas serão fracionadas em ciclos. Com isso, você saberá quando as demandas devem ser entregues e poderá analisar a qualidade dos produtos.

Um exemplo de metodologia ágil, que é muito utilizada em projetos de desenvolvimento, é o Scrum. Essa metodologia permite um alinhamento de demandas e, por consequência, um follow up do projeto. Isso porque  possibilita a divisão das atividades em “a fazer, fazendo, testando e pronto”. Desta maneira, tanto você quanto os profissionais poderão visualizar as atividades a serem desempenhadas.

Aqui na Vibbra, nossos Vibbrantes e freelancers precisam comprovar capacidades de autogerenciamento. Por isso, nossos profissionais declaram possuir experiência com técnicas como Kanban, Scrum e demais softwares de organização. Você pode aproveitar esta habilidade para aumentar a produtividade, engajar o profissional no projeto e, o mais importante, acompanhar as etapas que já foram realizadas, garantindo um produto final satisfatório.

Envie e receba feedbacks construtivos

Depois de receber o seu projeto pronto, caso seja necessária a realização de alterações, não se mostre desinteressado ou irritado. Aqui é uma boa oportunidade para entender se houve erros na comunicação e receber feedbacks construtivos sobre o seu desempenho. 

Você pode questionar o profissional sobre a comunicação entre vocês, sobre os métodos utilizados para desempenho de tarefas e demais informações que achar necessário. Da mesma forma, dê um feedback claro ao profissional. Isso é importante, pois ele poderá entender as falhas e realizar os ajustes necessários.

Isso pode ser realizado por meio de uma conversa ou por meio da atribuição de notas, como é feito na nossa plataforma.

Boas práticas de contratação remota
Fonte: Freepik

Práticas que prejudicam as contratações de freelancers

Assim como há boas práticas para contratar profissionais de TI remotos, também existem atitudes que podem prejudicar o relacionamento entre contratante e freelancer. Isso porque o trabalho remoto, mesmo que por contratação específica, é uma relação de trabalho. Ou seja, não é indicado realizar a alocação de uma pessoa e depois deixá-la realizar a tarefa sem acompanhamento.

Outras práticas prejudiciais são: não responder os questionamentos do profissional; não alinhar expectativas; cobrar entregas fora dos prazos estabelecidos e não informar com clareza as alterações, quando necessárias.

Isso causa algumas consequências ruins para o projeto. As mais comuns, identificadas pela nossa equipe, são:

  • Desengajamento do profissional;
  • Atraso no cronograma de entregas;
  • Projeto com desenvolvimento travado;
  • Insegurança na contratação;
  • Desperdício de valor e tempo investido;
  • Alinhamento falho de demanda, prejudicando os resultados do projeto.

Como planejar a contratação de profissionais de TI

Agora que você conhece algumas boas práticas da contratação de profissionais de TI remotos, deve pensar que precisa de um planejamento para torná-las efetivas. Para te ajudar, listamos algumas etapas que podem facilitar os processos. Confira:

  • Pense quais necessidades o projeto de TI resolverá;
  • Transforme sua ideia em um escopo de projeto executável;
  • Entre em contato com as equipes da plataforma de contratação, para entender os prazos de contato com os profissionais, de contratação, de pagamento e execução do projeto;
  • Procure os profissionais que dominem as linguagens de programação necessárias para tirar seu projeto do papel.

Podem parecer passos muito difíceis, mas existem formas de facilitar esses

processos, como contar com o apoio de uma equipe especializada em contratação remota e alocação de freelancers. Aqui na Vibbra, por exemplo, realizamos a gestão do relacionamento entre as empresas e os profissionais cadastrados em nossa plataforma.

Cadastre-se agora gratuitamente e conheça os perfis de profissionais freelancers disponíveis em nossa plataforma. Clique aqui!

Tech Sob Demanda

Ideal para projetos pontuais e rápidos

Tech Dedicado

Ideal para demandas de médio e longo prazo

Vibbra Squad

Ideal para desenvolver novos projetos

Vibbra Enterprise

Ideal para um alto volume de horas mensais fixas

Receba nossas News!

Cadastre-se na nossa newsletter para acompanhar as novidades da Vibbra e do mercado.

Amplie seu conhecimento

Olá! Me chamo Rodrigo e estou disponível para te ajudar!